AFESP 26 de Junho de 2017  
Mapa do Site · Contactos · Fórum
 
   
 
     
 
     
  27-04-10  
  Sinais de trnsito responsveis por um quinto dos acidentes  
 

Associao Portuguesa de Sinalizao e Segurana Rodoviria alerta para a importncia da manuteno dos sinais de trnsito

Associao Portuguesa de Sinalizao e Segurana Rodoviria alerta para a
A Associao Portuguesa de Sinalizao e Segurana Rodoviria (AFESP) alerta para o perigo da falta de manuteno da sinalizao nas estradas nacionais, responsvel por um em cada cinco acidentes rodovirios.
O alerta da AFESP surge no Dia Europeu da Segurana Rodoviria, que se assinala esta tera-feira, e tem por base um estudo sobre a sinalizao horizontal na rede rodoviria nacional feito no ano passado pela associao.
Apesar de j ter sido divulgado no ano passado, o estudo recente e vlido e mesmo com os investimentos entretanto feitos a situao no deve ter melhorado devido ao inverno rigoroso, contou Lusa a secretria geral da AFESP, Ana Raposo.
A responsvel defendeu que Portugal deve investir e apostar seriamente na sinalizao para recuperar o ndice de sinistralidade de patamares mnimos.
Com uma boa ou adequada sinalizao, mas sobretudo com uma boa manuteno, poderemos dar um contributo significativo para colocar Portugal entre os primeiros pases da Europa com menor ndice de sinistralidade, sustentou.
Para a secretria geral da AFESP, a manuteno da sinalizao a nica medida de fcil e rpida execuo e com menores custos para reduzir a sinistralidade.
O estudo da Associao Portuguesa de Sinalizao e Segurana Rodoviria concluiu que entre 20 a 30 por cento dos acidentes rodovirios so provocados pela m sinalizao.
A sinalizao horizontal nem sempre existe, quando existe por vezes de m qualidade e, muitas vezes, tendo sido de boa qualidade inicialmente, no desempenha as suas funes de forma adequada porque entretanto se desgastou e no foi alvo de manuteno, explicou Ana Raposo.
Mortes na estrada no param de crescer
O nmero de mortos nas estradas portuguesas aumentou 7,3 por cento este ano face a igual perodo de 2009.
Entre 01 de Janeiro e 21 de Abril, 205 pessoas morreram em acidentes rodovirios, mais 14 que no mesmo perodo do ano passado, quando se registaram 191 vtimas mortais, indica a ANSR, que rene dados da PSP e da GNR.
De acordo com a ANSR, foi no distrito de Lisboa que os acidentes provocaram mais mortos (34), seguindo-se Porto (30) e Braga (19).
Os distritos com menos vtimas mortais nas estradas foram Vila Real (1), Beja (2) e Guarda (3).
Por sua vez, os feridos graves diminuram 13,5 por cento.
Este ano, ficaram gravemente feridas 626 pessoas, enquanto em 2009 tinham sido 724 os feridos graves.
Os feridos ligeiros tambm desceram ligeiramente face a 2009, tendo passado de 11 702 para 11 657.

 
     
  TVi  
     
  << VOLTAR  
     
     
  Agenda  
   
  18-04-17  
  AFESP submete candidatura de Boa Prática com o Processo de Marcação CE para a Sinalização Vertical  
  (+info)  
   
  09-01-16  
  POTTERS INDUSTRIES LLC AGREES TO ACQUIRE BELGIUM’S SOVITEC MONDIAL S.A.  
  MALVERN, PENNSYLVANIA, December 23, 2016 –... (+info)  
 
   
     
     
 
Subscrever Newsletter
 
 
  subscrever
 
     
     
     
© 2002-2017 AFESP - Todos os direitos reservados Siga-nos: