AFESP 28 de Abril de 2017  
Mapa do Site · Contactos · Fórum
 
   
 
     
 
     
  17-06-09  
  Traados das estradas nacionais quase invisveis  
 

Quase metade (44,5%) das marcas rodovirias das estradas nacionais no tem qualidade: quase um tero (28,5%) dos traados no cumprem os valores mnimos de retroreflexo (100 mcd/(lux. m2) e um quinto (16%) apresentam valores prximos do mnimo, devendo passar para valores negativos a muito curto prazo. Estas so algumas das concluses do primeiro estudo sobre sinalizao horizontal na rede rodoviria nacional, apresentado hoje pela Associao Portuguesa de Fabricantes e Empreiteiros de Sinalizao (AFESP).

Entre as estradas com pior traado encontram a 2 Circular, Lisboa, a EN125, em Faro e ainda os troos analisados da EN109 Aveiro, Coimbra, Leiria -, onde h zonas com marcas quase invisveis.

A m qualidade da sinalizao agrava-se noite e com condies atmosfricas adversas, pois nessa altura o condutor v melhor, e primeiro, as marcas do que a prpria estrada, alerta Joo Almeida, auditor de Segurana Rodoviria e coordenador do estudo.

A secretria-geral da AFESP, Ana Raposo, recomenda, por isso, a reposio imediata das marcas defendendo que a sinalizao, sobretudo a horizontal, constitui um exemplo de um investimento reduzido com uma elevada relao custo/benefcio.

Ao todo foram analisados 59 troos de estradas - trs lanos com 15 km em cada um dos distritos do pas -, tendo sido dado especial enfoque capacidade de retro reflexo j que esta define a qualidade global da marca.

 
     
   
     
  Auto-Hoje  
     
  << VOLTAR  
     
     
  Agenda  
   
  18-04-17  
  AFESP submete candidatura de Boa Prática com o Processo de Marcação CE para a Sinalização Vertical  
  (+info)  
   
  09-01-16  
  POTTERS INDUSTRIES LLC AGREES TO ACQUIRE BELGIUM’S SOVITEC MONDIAL S.A.  
  MALVERN, PENNSYLVANIA, December 23, 2016 –... (+info)  
 
   
     
     
 
Subscrever Newsletter
 
 
  subscrever
 
     
     
     
© 2002-2017 AFESP - Todos os direitos reservados Siga-nos: