AFESP 18 de Dezembro de 2018 DGERT - Entidade Formadora Certificada  
Mapa do Site · Contactos · Fórum
 
   
 
     
 
     
 

FORMAÇÃO PROFISSIONAL CONTÍNUA CERTIFICADA PELA DGERT


Data Curso Local
5 Fev Fabrico e Colocação de Sinalização
Funções e responsabilidades do Aplicador de Sinalização Rodoviária - Medições - Manobrar / operar o equipamento principal de marcação (SH) - Produtos de sinalização horizontal-Procedimentos de manutenção - Tipos de chapa e telas- Processo de fabrico e Controlo de qualidade
Formador: Engº João Alvelos
Programa  Inscrição (DOC)  Inscrição (PDF)
Lisboa, Ordem dos Engenheiros
Para Entidades Municipais continente e ilhas nas datas acertadas
7 Fev Sinalização Temporária, Parte I - Projeto de Sinalização em Temporária em meio urbano e rural - Planos das Condições de Execução de Obra
Caracterização de uma via rodoviária- Acidentes em zonas de obras - Projetos em Sinalização temporária (rural e urbana) - Identificação da sinalização (sinais de perigo, sinais de regulamentação, sinais de indicação, painéis adicionais) - PCEO e DEX
Formador: Auditor de segurança rodoviária José Garcia
Programa  Inscrição (DOC)  Inscrição (PDF)
Lisboa, Ordem dos Engenheiros
Para Entidades Municipais continente e ilhas nas datas acertadas
13 Mar Sistemas de Fiscalização de Tráfego Rodoviário
Tecnologias de deteção de velocidade. Radar- Métodos de controlo - Sistemas de informação associados- Automatização de processos -implementação
Formador: Engª Rita Simões
Programa  Inscrição (DOC)  Inscrição (PDF)
Lisboa, Ordem dos Engenheiros
Para Entidades Municipais continente e ilhas nas datas acertadas
15 Mar Infraestruturas em meio urbano Sinalização
Segurança e medidas de intervenção -Importância da sinalização -Condições de circulação do tráfego e impacto dos pavimentos - Relação das características de superfície com a sinistralidade rodoviária -Caracterização, avaliação e reabilitação -Gestão da segurança rodoviária em meio urbano – o Homem enquanto condutor, peão e passageiro
Formador: Professor José Neves/ Engº Paulo Marques
Programa  Inscrição (DOC)  Inscrição (PDF)
Lisboa, Ordem dos Engenheiros
10 Mai Sinalização Temporária, Parte II - Dispositivos e equipamentos de sinalização em obra e instalação.
Dispositivos e equipamentos - Formas de assinalar estaleiro - Recomendações sobre instalação e desinstalação de dispositivos e equipamentos - basculamentos, circulação alternada - Sinalização de pessoas e veículos
Formador: Auditor de segurança rodoviária José Garcia
Programa  Inscrição (DOC)  Inscrição (PDF)
Lisboa, Ordem dos Engenheiros
Para Entidades Municipais continente e ilhas nas datas acertadas
26 Set Sistemas de Sinalização Semafórica
Conceção e implementação de sistemas semafóricos - Colocação em Serviço – Exploração e manutenção de sistemas
Formador: Engª Rita Simões
Programa  Inscrição (DOC)  Inscrição (PDF)
Lisboa, Ordem dos Engenheiros
Para Entidades Municipais continente e ilhas nas datas acertadas
10 Out Construção de vias de comunicação rodoviárias (fase Inicial)
Programa de Concurso e Caderno de Encargos - Programação dos Trabalhos - Trabalhos Preliminares da Obra - Subempreitadas, equipamentos e materiais.
Formador: Professor Armando Teles Fortes
Programa  Inscrição (DOC)  Inscrição (PDF)
Lisboa, Ordem dos Engenheiros
7 Nov Operação, manutenção e reabilitação de vias (Noções gerais)
Modelos de operação (com/sem cobrança ao utilizador) -Planos de Manutenção e seus objetivos - Centros de Assistência e Manutenção e Centros Especializados (neve e túneis) - Alterações do uso e da função da estrada.
Formador: Professor Armando Teles Fortes
Programa  Inscrição (DOC)  Inscrição (PDF)
Lisboa, Ordem dos Engenheiros
5 Dez Inspeções de Segurança Rodoviária (Noções gerais)
Incidência e periodicidade - Composição das equipas -Aspetos suscetíveis de análise- Conteúdo do Relatório de Inspeção - Identificação de problemas - medidas corretivas.
Formador: Professor Armando Teles Fortes
Programa  Inscrição (DOC)  Inscrição (PDF)
Lisboa, Ordem dos Engenheiros

Plano Formativo AFESP 2019

OBJETIVOS

A construção e manutenção de sinalização no âmbito das obras públicas, para além do seu contributo essencial para a infraestruturação rodoviária do país e para a segurança rodoviária dos utentes, constitui um setor chave da economia portuguesa. Os principais objetivos do curso são assegurar os trabalhos de projeto, construção e conservação na ótica de gestão racional dos recursos disponíveis para intervir numa lógica de prioridade e programação, num mercado cada vez mais exigente e competitivo. As formações permitem, nestas áreas, capacitar os técnicos através da melhoria das suas, reconhecendo e certificando as suas competências profissionais e colmatando eventuais falhas que tenham no seu percurso profissional/formativo. Desta forma, a certificação profissional permite assegurar as competências necessárias ao exercício da profissão.

A AFESP Formação garante aos seus formandos uma formação profissional certificada, obtendo no final do curso um Certificado de Formação Profissional (portaria no 474/2010), emitido pelo Sistema de Informação e Gestão de Oferta Educativa e Formativa (SIGO).

CONTEÚDOS PROGRAMÁTICOS

Aquisição, renovação e certificação de conhecimentos nas áreas da construção, operação, manutenção e reabilitação de vias, infraestruturas em meio urbano e proteção de peões, sinalização dos locais de obra e projeto de sinalização temporária, fabrico e colocação de sinalização, sistemas de fiscalização de tráfego rodoviário, conceção, implementação, colocação em serviços, exploração e manutenção de sinalização semafórica.

RECURSOS PEDAGÓGICOS

Manual técnico de Sinalização AFESP; Dispositivos de acompanhamento das sessões em apresentação multimédia; Baterias de casos, estruturados numa lógica de aprendizagem; Planos de obra; Legislação e normas técnicas.

DESTINATÁRIOS

Engenheiros, quadros técnicos das entidades gestoras das estradas e centros operacionais que intervêm nas infraestruturas, decisores e técnicos da área dos transportes e gestão de tráfego, técnicos superiores de segurança no Trabalho ou coordenação de Segurança, quadros das áreas técnicas operacionais e não operacionais da rede rodoviária, municípios, concessionárias, empresas de projeto e fiscalização e outras entidades com atividade nas áreas das novas tecnologias e inovação, nomeadamente universidades e centros de investigação.

LOCAL

Ordem dos Engenheiros ou intraempresas

Cada curso até 20 participantes. Mínimo 10 formandos

COORDENAÇÃO/GESTÃO PEDAGÓGICA

Ana Raposo (Dr.ª), formadora certificada

Formadores: certificados, Académicos e Experientes ativos nas áreas

INFORMAÇÕES

Secretariado de formação AFESP (ver Contactos)

Veja em https://certifica.dgert.gov.pt/vantagens-da-certificacao.aspx as vantagens de obter formação por entidade certificada.

 

Voltar ao topo

 

 
     
     
  Agenda  
   
  18-11-18  
  Presidente da República assinala Dia Mundial em Memória das Vítimas da Estrada  
  (+info)  
   
  18-11-18  
  Presidente faz apelo cívico e pede aposta na prevenção da sinistralidade rodoviária  
  O Pres... (+info)  
 
   
     
     
 
Subscrever Newsletter
 
 
  subscrever
 
     
     
     
© 2002-2018 AFESP - Todos os direitos reservados Siga-nos: